Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




CUMPÁDE CHICO DE AQUINO
     Caio Prado é conhecida como terra de gente hospitaleira! Daqui, descenderam famílias bastante conhecidas, destacamos dentre muitas, a família Bernardo, da qual, o Sr. Eduardo Bernardo, era patriarca. Casado com D. Teté Bernardo, formava um casal especial e muito respeitado por todos!  Eles tinham um filho de nome Alberto Bernardo (conhecido por todos daqui por Carneirinho).
      Numa determinada noite chuvosa, Carneirinho  se encontrava em Caio Prado. Nesse tempo moravam numa localidade por nome  Poço Comprido, à três  quilômetros daqui. Depois da chuva, dos relâmpagos e dos trovões, Carneirinho que vez por outra tomava umas carraspanas, percebeu a noite escura e pensou: certamente o Rio Choró  aumentou o seu volume de água...
     Por certo os caminhos estavam esburacados, muita lama, atoleiro e etc! Chegou a hora de Alberto ir para casa; amigos pediram que não fosse pois já era tarde, caso contrário, chamasse um camarada para lhe fazer companhia. Alberto, tomou mais uma pinga, coçou a cabeça, olhou para um lado e para o outro e avistou o compadre Chico de Aquino, assentado no canto da parede de um boteco e pensativo! (Chico  morava na localidade de Juá que fica  próximo ao Poço Comprido).
     Os dois conversaram e Carneirinho disse: bom, decidimos ir agora mesmo, compadre Chico dorme lá em casa e cedinho vai pro Juá. Tomaram a saideira e se foram...Chegando em casa, Alberto Carneirinho diz: Mãe! Passa aquela rede branca para o cumpáde Chico dormir! D. Teté responde de lá: Aquela? -Sim! -Alberto, peça pro cumpáde lavar os pés, eu ví, tá muito enlameado! Carneirinho  chega para o cumpáde Chico de Aquino e diz: Páde Chico? -Diga cumpáde! -É bom lavar os pés né? -É sim. Lavou, depois tomaram um café e por ser já madrugada, dona Teté falou: Cumpáde Chico? -Diga cumáde! Já é quase manhã, pensei no seguinte: Tá vendo aquela mesa grande? -Sim cumáde. -Pois bem, você dorme em riba dela, e de manhã vai pra casa, tá certo? -É..., tá...,tá bem cumáde....
    Alberto se deitou na rede e o cumpáde Chico de Aquino em cima da mesa. Alberto diz: durma bem cumpáde! Chico de Aquino  virava-se de um lado para o outro em cima da mesa grande e, sem conseguir dormir, disparou de lá: Cumpáde Alberto? -Diga.  -Nesse caso, nem precisava ter lavado os pés num é cumpáde? Cadê a rede branca? Carneirinho  responde de lá: Fica para a próxima vez cumpáde...!!!-(ainda hoje esse fato é comentado em Caio Prado. Cumpáde Chico de Aquino, parecia não gostar mesmo de lavar os pés....) Por: Luiz Everardo Bezerra Lopes, (Participação, Dudú Viana).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:11



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D