Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O médico ginecologista e ex-vereador de Rio Branco Nuno Miranda Álvaro Filho, de 45 anos, caiu na tarde dessa quinta-feira, 23, do 12º andar do prédio onde morava, no Residencial Monet, localizado no Conjunto Morada do Sol, próximo ao Corpo de Bombeiros.

 

Ele e a família se preparavam para almoçar, quando Nuno, segundo a Polícia Militar, 'pulou'. Há indícios, segundo a PM, de que ele se encontrava em estado de depressão e que sua mãe estava com sérios problemas de saúde.

 

Lençóis foram colocados no portão do prédio para tentar inibir a aparição do corpo da vítima, encontrado por moradores do edifício caído em cima da escada que dá entrada aos apartamentos.

 

A movimentação de amigos, familiares e curiosos na entrada do prédio era grande. Colegas de profissão e da política aos poucos foram chegando ao local assim que souberam da triste notícia. 

 

Muito abalada, a família de Nuno Miranda não quis conversar com a imprensa.

 

Nuno, morava no 1º andar e subiu até o 12º, apartamento que estava aberto e em reforma. A polícia não descarta a possibilidade de ele ter se jogado propositalmente. Coronel Aureliano Pascoal, amigo de longa data do ex-vereador, disse desconhecer o fato de Nuno estar passando por momento de dificuldade.

 

 

“É difícil acreditar, pois éramos muito próximos, sempre conversávamos e recentemente estive com ele e ele me disse que estava tudo bem. É uma grande perda para o Estado e para nós”. Aureliano reiterou que Nuno aparentava estar bem física e psicologicamente.

 

Segundo o sargento da PM Ivaldo Rocha, que acompanhou a ocorrência, a família ainda não acredita na morte do médico. “Todos estão muito abalados ainda, quando chegamos com a equipe já tinha um morador do prédio tentando reanimá-lo. Ele caiu em cima da escada, o que certamente deve ter lhe acarretado muitas fraturas no corpo”, afirma o sargento.

 

Ainda de acordo com informações de equipes da PM e do Corpo de Bombeiros, há poucos dias Nuno se encontrava bastante debilitado devido a uma possível depressão e havia recebido a notícia de que sua mãe estava com um grave problema de saúde.

 

Um jardineiro do residencial informou que viu quando o ex-vereador subiu ao 12º andar, e achou a atitude estranha, já que o local estava em reforma. Ele estava acompanhado da família no apartamento minutos antes de cair do prédio.

 

Familiares e amigos ficavam desolados ao se deparar com o corpo no chão. A esposa de Nuno é síndica do Residencial onde os dois moravam.

 

As informações pertencem ao www.oriobranco.net

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:16


Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D